Dakota @ 08:51

Qua, 09/12/09

E é verdade! O Pai Natal escreveu-me. Quando vi a carta na caixa do correio, nem queria acreditar. Tive de olhar várias vezes para o remetente - Pai Natal . Rua dos Presentes . LAPÓNIA. Senti-me tão emocionada e honrada, que julguei que me dava qualquer coisinha ali na entrada do prédio. Mas não. Aguentei-me.

 

Depois abri a carta ...

 

Uma carta escrita no computador? Logo constatei que eu seria um destinatário entre tantos outros - O Pai Natal fez um mailing ... oh! logo ali a minha alegria esmoreceu ...

 

... pergunta-me se estou bem, se a minha família está bem (a treta da praxe, portanto ...), que na Lapónia está muito frio, mais frio do que o costume, e que não compreende isto porque afinal o planeta deveria estar a aquecer, mas que entretanto o aquecimento global não chegou lá, porque a neve tá cada vez mais dura e é cada vez mais em maior quantidade e que inclusivé a conta do limpa-neves do mês passado foi o dobro da do ano passado ...

... escreve-me para me dizer que lamenta imenso mas que este ano lhe será impossível visitar-me - que o Rodolfo e ele estão com a Gripe A e que terão portanto de ficar em casa respeitando o período de quarentena obrigatório ...

... que se quisermos, terá muito gosto em receber-me e à minha família lá na Lapónia. Isto se tivermos já tido a Gripe A - enfatiza.

... despede-se já avisando que se para o Ano não tiver nenhuma Gripe e se as costas o permitirem, que é capaz de dar um saltinho aqui para estes lados ...

 

(O Pai Natal julga que eu sou parva. O cabrão mente com quantos dentes tem na boca (já não devem ser muitos ...). Estamos a 09 de Dezembro, todos sabemos que o perído de quarentena de uma gripe é de 7 dias, portanto o gajo já estaria bom no dia 16 ... O gajo tá é falido. Ainda por cima põe-me um post-scriptum na carta a pedir-me um cabaz de natal - um bacalhau, um perú, polvo, roupa-velha, bolo-rei, aletria, filhós, rabanadas, pão-doce, sonhos, some Port (o grandessíssimo f....), pão-de-ló, queijo Serra da Estrela e mais algumas coisas de que eu nem sequer ouvi falar ...)

 

Pai Natal, nunca, mas nunca mais me acredito em ti!




Gajo @ 13:42

Qua, 09/12/09

 

Pronto...lá se foi mais outro sonho de infância...

Vou ali espirrar 342 vezes e assoar até fazer ferida que o estupor da gripe está aqui em força

Dakota @ 14:39

Qua, 09/12/09

 

Estou tão triste. Nem imaginas. Lá vou eu ter de fazer análise por mais 3 anos.
Eu sou mais comedida. 7 de cada vez. Nem mais, nem menos.
Hoje até está quentinho não está? (não, ainda não consumi polifenóis hoje ...)

pensar nisso. nisso é tudo e nada.
Ligações
Pesquisar
 
blogs SAPO