Dakota @ 14:51

Seg, 08/03/10

- Ajuda a mamã, Raquel, por favor!

- ...

- Então? Sabes que os filhos têm a obrigação de ajudar os pais ...

- ...

- Não me digas que não me vais ajudar?

- Não digo.

- Mas afinal ... tens de ser filha de alguém ... Não me digas que não és filha de ninguém? És ou não és filha?

- Sou ALUNA.

 

...

 

- Raquel, isto assim não pode ser ... estamos outra vez atrasadas. A culpa é tua. Já te estava a chamar há muito tempo ...

- Pois. Mas não tenho despertador.

- Mas eu chamei-te.

- Mas eu tenho de ter um despertador. Cor-de-rosa.

- Raquel ... bem!

- Tens de me comprar um despertador.

- ...

- Já estás irritada de eu estar sempre a falar no despertador, não estás?

 


sinto-me:

Cirrus @ 20:27

Seg, 08/03/10

 

Quem sai aos seus...

;)


Dakota @ 10:10

Sex, 12/03/10

 

Não sai às pedras da calçada. :)

jrd @ 23:35

Seg, 08/03/10

 

Quem faz um comentário tão subtil sobre a judite, não pode ser insensível à compra do despertador ... ;)


Dakota @ 10:09

Sex, 12/03/10

 

:)
Tá comprado (que não se calava com o raio do despertador). Em forma de trevo. As horas é que nunca estão certas. Descobriu onde é que se des(acerta).


Gajo @ 11:47

Ter, 09/03/10

 

Tão novinha e já com o jogo psicológico imbutido nos genes :)))


Dakota @ 10:07

Sex, 12/03/10

 

É mulher. Mulher. E toda a gente sabe que as meninas saem às mães e os meninos aos pais. Imagino os Gajinhos :) (que subtileza ...)

Vera Antunes @ 10:52

Qui, 11/03/10

 

Gostei.


Dakota @ 10:04

Sex, 12/03/10

 

Então obrigada.


Gajo @ 10:16

Sex, 12/03/10

 

Ui!


Dakota @ 10:18

Sex, 12/03/10

 

Um dia ... pergunto-te (quantos são) :D

Mia Capgras @ 21:19

Qui, 22/04/10

 

ahahah oh,fiquei com saudades de ter 6 anos e o rosto ingénuo. :)

Um beijo Dakota,

MIA *

pensar nisso. nisso é tudo e nada.
Ligações
Pesquisar
 
blogs SAPO