Dakota @ 17:21

Dom, 02/10/11

Quando nos amam, contam que estejamos 100% disponíveis para lhes respondermos às SMSs imediatamente.

Quando nos amam, esperam demonstrações de carinho constantes.

Quando nos amam, não suportam que tenhamos o mínimo contacto com outros homens.

Quando nos amam, não suportam imaginar (porque é de imaginação que se trata) que os amamos menos do que nos amam a nós.

 

E ...

 

Quando nos amam, podem chegar a odiar-nos com a mesma intensidade.

 

Dakota, sem nada desconfiar, conseguiu uma pequena coleção de ódios de estimação.



mfc @ 09:33

Seg, 03/10/11

 

O amor e o ódio estão separados por uma ténue e indefinida linha de separação.
Tudo o que disseste é verdadeiro, mas o recíproco é-o igualmente!

Dakota @ 12:53

Ter, 04/10/11

 

Eu sei, eu sei ... :)

(provocação :)

pensar nisso. nisso é tudo e nada.
Ligações
Pesquisar
 
blogs SAPO